Rádio Educativa Inatel será inaugurada no dia 10 de fevereiro em Santa Rita no Sul de Minas


O secretário de Telecomunicações do Ministério das Comunicações, Maximiliano Salvadori Martinhão, estará presente na inauguração oficial dos estúdios da Rádio Educativa Inatel, em Santa Rita do Sapucaí, sul de Minas Gerais. O evento será realizado na sexta-feira, 10 de fevereiro, a partir das 15h30. Na oportunidade, Martinhão, que é ex-aluno do Instituto Nacional de Telecomunicações, fará uma palestra magna aos alunos da instituição e será patrono da turma de formandos em Engenharia Elétrica, Engenharia de Telecomunicações e Engenharia da Computação.



O engenheiro Maximiliano Salvadori Martinhão formou-se em Engenharia Elétrica com ênfase em Telecomunicações na turma de dezembro de 1993. Antes de assumir a Secretaria do MiniCom, ocupava a Gerência-Geral de Certificação e Engenharia do Espectro da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).
Os estúdios da Rádio Educativa Inatel serão oficialmente inaugurados na sexta-feira, dia 10 de fevereiro, mas a emissora já está no ar em FM desde o dia 20 de dezembro de 2011, na frequência 107,9 MHz.


Com uma programação diferenciada, a emissora leva educação, informação e cultura a mais de 30 municípios do sul de Minas Gerais. Para isso, conta com uma equipe especializada e uma estrutura com o que há de mais inovador em transmissão e produção de áudio. Além dos investimentos feitos pela Finatel, fundação mantenedora do Inatel, a Rádio Educativa contou com o apoio de empresas para a implantação dos estúdios. As empresas JW Sat, Ativa Soluções, Biquad, Ideal Antenas e Huber Suhner serão homenageadas na cerimônia de inauguração da emissora.


Depois de passar pelo período experimental, a Rádio Educativa Inatel está com uma programação que reúne MPB, pop nacional e internacional, além de boletins com notícias da região e do país e um informativo sobre Ciência, Tecnologia e Inovação. Ainda para o primeiro semestre estão previstos programas informativos e musicais produzidos pela Rádio Senado e, para o segundo semestre, programas com temas como saúde, desenvolvimento industrial, humanização, entre outros, produzidos pela equipe da Rádio Educativa e o corpo docente do Instituto. “A Rádio Educativa Inatel ocupa uma lacuna importante no âmbito educacional e cultural, crescerá e se tornará um veículo significativo para o desenvolvimento de nossa região”, afirma o diretor do Inatel.




Fonte: mgsulnews

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pela visita !

Seu comentário será publicado depois de moderado.

Para parcerias contato via e-mail.